aa

EDUCAÇÃO AMBIENTAL

Realizamos campanhas de educação ambiental com os colaboradores e com a comunidade para incentivar a conservação do nosso meio ambiente. Em Goianésia, através da Escola Luiz César de Siqueira Melo temos o Projeto Horta Escolar, com a finalidade de realizar educação ambiental com crianças da pré-escola. Os alunos aprendem o processo de cultivo de alimentos orgânicos, desde o preparo da terra, o plantio das sementes e o crescimento da planta. Eles também participam da colheita e levam os alimentos para a escola, onde irão consumi-los na merenda.

Em algumas fazendas temos o incentivo da horta comunitária. O grupo Otávio Lage, levou até os colaboradores e familiares um treinamento sobre horta e reaproveitamento de pneus. São técnicas de plantio e aproveitamento do esterco e compostagem de alimentos como adubação e de manejo de pragas com produtos orgânicos, que não agridem ao meio ambiente. As esposas e familiares dos colaboradores utilizam a horta para consumo próprio e permite até um ganho maior com a venda em feiras populares da região.

Os pneus velhos dão formas a lindos vasos de plantas e objetos decorativos. O Reaproveitamento possibilita a retirada da comunidade, que além de ser berço para o mosquito Aedes aegypti é transmissor de várias doenças, retira do ambiente um material que tem tempo indeterminado para a degradação.

 

PROJETO DE COMPOSTAGEM

O Grupo Otávio Lage, pensando sempre na preservação do meio ambiente e no aproveitamento de recursos, utiliza em suas fazendas a adubação orgânica através do processo de compostagem.

A adubação Orgânica é o aproveitamento integral e racional de todos os recursos disponíveis, com a associação dos diversos componentes em sistemas integrados, que preservem o meio ambiente, estabelece o princípio da reciclagem.

Compostagem é o processo biológico de valorização da matéria orgânica, e é considerada como um tipo de reciclagem do lixo orgânico. Trata-se de um processo natural em que os micro-organismos, como fungos e bactérias, são responsáveis pela degradação de matéria orgânica. Através de técnicas que são aplicadas para controlar a decomposição de materiais orgânicos, com a finalidade de obter, no menor tempo possível, um material estável.

Reaproveitamos o esterco do confinamento, que para um rebanho de 15.000 animais, a produção é de 7 kg de esterco, com um tempo de confinamento de 90 dias, a produção chega a 9450 toneladas.

Utilizando esse esterco do confinamento, como adubo orgânico evitamos a utilização de fertilizantes químicos reduzindo custos e ajudando ao meio ambiente. Como exemplo de aplicação, na fazenda Porteiras Seringal realizamos uma aplicação de 3 mil kg por hectare ao ano.

 

PROGRAMA DE REUTILIZAÇÃO DE ÁGUA

Por se tratar de um bem natural que está cada vez mais raro e caro, reutilizar a água é de fundamental importância para o meio ambiente e também para a economia. Sabendo disso, o Grupo Otávio Lage realiza diversos estudos e práticas para fazer a reutilização da agua.

 

A grande vantagem da utilização da água de reuso é a de preservar água potável reduzir o volume de esgoto descartado e a redução dos custos com água, luz e esgoto.
Depois de tratada e com seus parâmetros de qualidade ajustados à finalidade a que se destina, a água é encaminhada para o consumo de reuso.

Em nossas fazendas temos diversas práticas de reaproveitamento de água:

 

  1. Aplicação de Defensivos: Reutilizamos a água de nossa lavanderia.

 

A lavanderia é utilizada para lavagem dos conjuntos dos trabalhadores agrícolas, que fazem a aplicação de produtos como defensivos agrícolas.

A lavanderia é projetada de forma a não agredir o meio ambiente, reutilizando a agua com resíduos de defensivos, fazendo a aplicação na lavoura. Como exemplo na fazenda Porteiras Seringal é feito a reutilização de 3 mil litros de resíduo a cada 15 dias.

 

  1. Tratamento de água dos banheiros

 

Em nossas fazendas de seringueira, temos pontos de apoio ao trabalhador, feito de alvenaria, local para possibilitar uma melhor qualidade, onde eles fazem as refeições, se acomodam, descansam e fazem a sua higiene. No local, temos banheiros que foram projetados de forma a tratar a água, através de um filtro e um reator.

Essa água tratada é depositada na floresta como forma de adubo orgânico para a plantação. Fazendo assim, o reuso da agua, possibilitando economia tanto econômica como economia de agua potável.

 

PROJETO DE REFLORESTAMENTO

Com o objetivo de preservar matas ciliares e recompor ambientes naturais, através do reflorestamento, plantamos espécies nativas do cerrado, preservamos os recursos hídricos e o meio ambiente. Já foram plantadas mais de 10.000 árvores no último ano.

 

PROGRAMA DE RESERVAS AMBIENTAIS

O Grupo Otávio Lage sabe que a natureza é sua melhor parceira, estabelecendo assim, formas de proteger esse bem maior. Temos ao todo 13.245,00 ha de reserva ambiental e área de preservação permanente.

A nossa reserva tem grande importância para a manutenção da biodiversidade planetária, com a preservação de espécies da flora e da fauna. Sua importância é imensurável sob os aspectos ambientais, garantindo o ambiente saudável em todo o mundo.

 

GERENCIAMENTO DE RESÍDUOS

Qualquer resíduo sólido, líquido ou hospitalar é monitorado, classificado e tem a sua disposição de maneira correta. Fazemos a coleta seletiva Papel, pneus, óleos, sucatas, lâmpadas e outros são vendidos. As embalagens fitossanitárias são devolvidas. Também mantemos um aterro controlado para onde vai o lixo hospitalar e aquilo que não conseguimos reciclar ou vender. Assim, damos a destinação correta para todos os resíduos que geramos. Isso proporciona uma receita adicional para a empresa, além de imensuráveis ganhos ambientais.

 

COLHEITA MECANIZADA

O Grupo Otávio Lage utiliza a colheita mecanizada em todo o seu canavial, promovendo o desenvolvimento industrial com práticas ambientalmente corretas, melhor aproveitamento da lavoura, menos danos e diminuição da contaminação da matéria prima.  A implantação dessa tecnologia proporciona o desenvolvimento industrial e respeito ao meio ambiente.

A colheita mecanizada, diferentemente da manual, dispensa a necessidade das queimadas nos canaviais, pois a cana é colhida crua. Com isso, diminuímos os gases poluentes responsáveis pelo efeito estufa e elimina a fuligem que, muitas das vezes, incomoda os morados que moram próximos aos canaviais.

Em relação ao solo, são espalhadas palhas em forma de camada, protegendo-o da radiação solar, tornando o terreno mais fértil para os demais plantios, e as palhas são reutilizadas como incremento na cogeração de energia. O uso de herbicidas é dispensado, já que o crescimento de ervas daninhas diminui com o uso das maquinas.

A sustentabilidade e responsabilidade ambiental é assunto sério para o Grupo Otávio Lage. Estamos sempre tralhando com processos aliados ao meio ambiente e ao bem-estar de nossos colaboradores e a da sociedade como um todo.