Home > Grupo Otávio Lage > Contato

Seringueira

O cultivo de seringueira para a produção de borracha natural é a principal atividade do Grupo Otávio Lage no ramo da agricultura. Inicialmente, os investimentos na área foram realizados com o objetivo de empregar a mão-de-obra excedente do corte da cana devido à implantação da colheita mecanizada na região. O primeiro plantio de seringueira do Grupo foi um sucesso. A atividade emprega uma pessoa a cada seis hectares plantados e, se comparada a culturas tradicionais, proporciona melhor rentabilidade ao produtor, maior remuneração aos trabalhadores e consequentemente mais contribuição para o município por meio de impostos.



A heveicultura, como é chamado o cultivo da seringueira, também apresenta vantagens ambientais. As árvores captam o Dióxido de Carbono da atmosfera, gás causador do efeito estufa. E o seqüestro de Carbono não se dá apenas pelo acúmulo na biomassa das árvores, mas também na própria produção de borracha natural, por evitar emissões no processo de obtenção da borracha sintética, proveniente do Petróleo, a qual substitui. Assim, a heveicultura contribui para o desenvolvimento sustentável.

A seringueira é plantada em forma de mudas clonadas. O início da extração de látex se dá quando as árvores atingem em média sete anos, com 45 cm de circunferência a 1 m do solo. Cada árvore é sangrada em média uma vez por semana e produz cerca de 8 kg de coágulo (latex coagulado) por ano ao atingir sua maturidade (4º a 5º ano de produção). Se bem cuidado, um seringal tem vida útil de mais de 30 anos e ao final do ciclo o produtor também pode comercializar a madeira nobre das árvores.

A empresa elaborou um planejamento estratégico que indicou grandes oportunidades nesse setor para as próximas décadas e foca seus investimentos nesse negócio. Atualmente, possui 1 milhão e 100 mil árvores plantadas e 245 mil em produção em duas fazendas. Além disso, executa um projeto de expansão da atividade, com 120 mil árvores plantadas, de um total de 1 milhão que serão cultivadas até 2014.

A produção de borracha é vendida para outros Estados para ser utilizada principalmente na fabricação de pneus. O Grupo Otávio Lage também lidera o processo de implantação de uma futura indústria de beneficiamento de borracha na região, em parceria com os demais produtores de Goianésia. A fábrica irá agregar valor ao produto e possibilitará melhores oportunidades de comercialização.

Propriedades

Fazenda Covoá
Fazenda Porteiras
Fazenda Bandeirantes